Carregando...

terça-feira, 26 de junho de 2012

Fábio Maldonado inova e leva lutas de MMA para dentro da igreja

 

Fábio Maldonado, lutador do Ultimate Fighting Championship (UFC), está levando os treinos de Artes Marciais Mistas (MMA) para um salão de uma Igreja Presbiteriana em Sorocaba, no interior de São Paulo.
O lutador conta com o apoio da igreja e do pastor Ivanilson Bezerra da Silva, que costuma ser “vítima” dele. “A religião, assim como o esporte, exige disciplina. Quem pratica esporte se dedica, não fica na noite, tem uma vida regrada. Na igreja é a mesma coisa. Por isso, trouxemos o esporte para cá, queremos tirar as crianças da rua e vê-las praticando esporte”, explicou o pastor.

Sem dó, Maldonado também treina com o pastor da igreja (de quimono branco)

As crianças também contam com o apoio de Maldonado. Ele costuma ser visto como espelho e ajuda os jovens durante os treinamentos. “É bom ver essa molecada longe das ruas, com sonhos. Fico feliz em poder ajudá-los”, disse.

O mais interessante dessa história é que depois da “pancadaria”, os lutadores se reúnem para fazer uma oração, agradecendo a Deus pelo dia. “A gente agradece por tudo ter dado certo, por ninguém ter se machucado e pedimos força para continuarmos lutando”.

Depois dos treinos, os atletas se reúnem para orar e agradecer a Deus pelo dia

O salão da igreja é um dos locais de treinamento do lutador, que se prepara para mais um combate, que ainda não tem data e nem adversário definido, mas entre um golpe e outro, ele aproveita para pedir “desculpas” aos adversários. “A gente bate e pede perdão já (risos)”, brincou.

Maldonado, que vem de derrota polêmica para o croata Igor Pokrajac, no UFC on Fuel, espera aprimorar seus golpes de jiu jitsu e não ser demitido pelo exigente chefão do UFC, Dana White. “ Não vai ser um bando de jurados despreparados que vão acabar com a minha carreira, que farão eu perder o meu emprego. Eu sigo treinando forte, na espera pelo próximo adversário e sei que tenho o apoio e a torcida de todos aqui”, comentou.

Fonte: Globo Esportes (via verdadegospel)

Nenhum comentário:

Postar um comentário