Carregando...

terça-feira, 6 de novembro de 2012

OPERAÇÃO DESARMAMENTO


O mês de outubro do corrente ano foi marcado, no que tange à segurança pública, por várias apreensões de armas de fogo pela Polícia Militar de Xapuri. No total foram retiradas de circulação 04 (quatro) armas.
A primeira arma de fogo foi apreendida no dia 08.10.12, segunda-feira, durante uma ocorrência policial de rixa que ocorreu na Estrada da Borracha, próximo à fábrica de Preservativos Natex. A Polícia Militar foi acionada para debelar uma briga que estava ocorrendo no referido local. Quando a guarnição policial militar chegou ao local os cidadãos envolvidos já não estavam mais em vias de fato. Contudo foi localizado com   um dos cidadãos uma espingarda, calibre 32 sem munições. Em função disso e da rixa todos os cidadãos foram conduzidos a DP.
A segunda arma de fogo foi apreendida no dia 20.10.12, sexta-feira, no Bar do Joãozinho, Bairro Sibéria. Segundo relato de testemunhas, houve um desentendimento entre o Senhor Eliardo Alves Farias de Souza e o Senhor Marcos Santiago Barroso. Durante esse desentendimento o Senhor Marcos agrediu fisicamente o Senhor Eliardo com tacos usado para jogar sinuca. Em seguida à agressão, o Senhor Eliardo dirigiu-se a sua residência que fica em frente ao referido bar e adentrou a sua casa. Que em seguida saiu de sua casa com uma espingarda na mão e de dentro do quintal efetuou um único disparo que veio a atingir o Senhor Marcos nas costas e região lateral do corpo e ainda atingiu uma segunda vítima na perna. Depois da tentativa de homicídio o autor fugiu para a colônia do seu pai que fica distante cerca de 10km da zona urbana da Sibéira. Antes de fugir o autor deixou a arma em sua casa. A guarnição de serviço deslocou-se ao local da ocorrência e fez a apreensão da arma de fogo, uma espingarda, calibre 16 com 13 cartuchos sendo que um deles deflagrado. Em seguida a apreensão da arma, a guarnição de serviço deslocou-se a colônia do pai do autor onde fez a captura do Senhor Eliardo que não reagiu à prisão sendo conduzido para a Delegacia Geral de Xapuri para ser autuado pelo crime de tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.



A terceira arma de fogo foi apreendida no dia 23.10.12, terça-feira, na Rua 17 de novembro, Centro, próximo a Mercearia do Senhor Raimundo Alemão. A guarnição de serviço do dia foi informada através de uma denuncia que o Senhor Raimundo Nonato F. de Almeida, proprietário do Bar Beira Rio, estava de posse de uma arma tipo revolver. Prontamente a Rádio Patrulha de serviço deslocou-se ao local para averiguar a situação. Chegando ao local, a guarnição avistou o Senhor Raimundo que passou por uma busca pessoal. Em seguida foi feita uma busca nas dependências do Bar Beira Rio onde a arma foi localizada, um revolver marca Taurus, calibre 32, com duas munições intactas na câmara. Diante disso, o Senhor Raimundo informou para os policiais militares que a arma era de sua propriedade. Por isso, o Senhor Raimundo foi conduzido a Delegacia Geral de Xapuri para ser autuado em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo.


 A quarta arma de fogo foi apreendida na Rua Cel. Brandão, Aeroporto, próximo ao Autoposto Malabah. A Rádio Patrulha de serviço foi acionado pelo 190 dando conta que havia um cidadão portando uma escopeta nas proximidades do autoposto Malabah. A guarnição de serviço deslocou-se rapidamente ao local para averiguar a situação. Chegando ao local avistaram cinco pessoas, uma mulher e quatro homens. Que a mulher informou aos policiais militares que havia tomado das mãos do Senhor Clebson Calixto a escopeta e em seguida jogado a arma em um matagal que fica ao lado do autoposto. Diante dessa informação, os policiais militares iniciaram a busca pela arma sendo localizada em seguida. Depois disso, realizaram busca pessoal nos cidadãos que ali estava e foi encontrada em poder do Senhor Cleudo, uma trouxinha de substância entorpecente, sendo que em seguida o cidadão disse que a escopeta era sua. Que a arma, escopeta de dois canos, sem marca, calibre 20, sem munições, foi apreendida e todos os cidadãos foram conduzidos a Delegacia Geral de Xapuri para os procedimentos de polícia judiciária.




Graças às denuncias e a ação dos policiais militares que atenderam as ocorrências, quatro armas de fogo foram retiradas das mãos de cidadãos que, pelo que pode ser observado, não são nada de bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário