Carregando...

domingo, 23 de dezembro de 2012

EM 2011, ACRE GASTOU MAIS DE R$ 1,1 MILHÃO COM VÍTIMAS DE ACIDENTES DE TRÂNSITO


22 de dezembro de 2012 - 11:50:50
Luciano Tavares – da redação de ac24horas
lucianotavares@ac24horas.com
Sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, a Lei 12.760 que torna mais rígida a chamada “Lei Seca”. A lei autoriza exame clínico, vídeos e fotografias como meios de provas para confirmar a embriaguez do motorista.
A meta é diminuir a embriaguez ao volante para reduzir o número de acidentes. Dados do Ministério da Saúde revelam que no Brasil, a violência no trânsito é uma das principais causas de mortalidade, tornando-se, portanto, uma questão de saúde pública.
Nesta sexta-feira, 21, o Ministério da Saúde divulgou os dados dos acidentes no transito por estados em 2011, e a quantidade de óbitos em 2010.
Somente em 2010, 42.844 pessoas perderam a vida no trânsito e outras milhares ficaram com seqüelas decorrentes dos acidentes.
No Acre morreram vítima do transito em 2010, 134 pessoas.
Já em 2011, no Acre, foram 905 internações por causa dos acidentes de trânsito. Os gastos da saúde pública com esses pacientes no ano passado no estado foram de R$ 1.112.681,86 (um milhão, cento e doze mil, seiscentos e oitenta e um reais e oitenta seis centavos).
Na região Norte, o Acre gastou mais que os estados do Amazonas, Amapá, Roraima e Tocantins.
De acordo com o portal do Ministério da Saúde, no mês de setembro foram autorizados mais R$ 12,8 milhões para os 26 estados e o Distrito Federal aplicarem no Vida no Trânsito. No total, já foram liberados R$ 27,7 milhões para investimentos no projeto.

FONTE. WWW.AC24HORAS.COM.BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário