Carregando...

terça-feira, 9 de julho de 2013

Diploma de Escravo

Escrito por Felipe Moura Brasil |
Perguntas do dia:

PARTE I

1. Quando o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, fala em "humanizar" a formação universitária, estaria ele admitindo que, das universidades brasileiras, só saem bichos?

2. Depois de obrigar os estudantes de medicina — inclusive de faculdades particulares — a trabalhar  dois anos no SUS para obter o diploma, qual será a próxima etapa da ditadura socialista do PT de Dilma Rousseff? Obrigar os estudantes de jornalismo a trabalhar dois anos no blog do Paulo Henrique Amorim?
3. Se em vez de criar as condições para que os médicos escolham espontaneamente trabalhar nas regiões que mais deles necessitam, é preciso obrigar os estudantes de medicina a trabalhar em péssimas condições, por que não obrigar os políticos petistas a trabalhar dois anos como seus office-boys locais?

4. Já que os médicos estrangeiros não precisarão mais revalidar seus diplomas no Brasil para atender a população carente nos confins do SUS, não é melhor dar logo um jaleco e um estetoscópio à grande massa de atores brasileiros desempregados para representar esse digníssimo papel? Se o objetivo era também fazer propaganda do regime, haverá no mundo quem faça melhor do que a classe artística nacional?

5. Seguindo a linha de raciocínio do ex-ministro da Saúde Adib Jatene de que "Precisamos formar um médico capaz de atender a população sem usar a alta tecnologia" de modo que "O médico precisa se transformar num especialista de gente", já posso dizer que "Precisamos formar um político petista capaz de atender a população sem usar dinheiro público" de modo que "O político petista também precisa se transformar num especialista em gente"?

PARTE II

Se os membros do Conselho Federal de Medicina defendem o aborto até a 12ª semana de gravidez porque afinal todos eles já nasceram, por que diabos reclamam do serviço obrigatório para estudantes no SUS se eles já se formaram?

Os membros do CFM dão ao governo a chancela moral e supostamente científica para que a vida de milhões de brasileiros seja impedida (ou literalmente cortada pela raiz), e ficam escandalizados quando esse mesmo governo se sente à vontade para escravizar uns 35 mil por dois míseros aninhos?

Eles acreditam mesmo que podem ser cúmplices apenas parciais da revolução socialista do PT de Dilma Rousseff? Que podem dar as mãos aos revolucionários, como Eike Batista, e ainda permanecer com todos os braços para sempre?

Serão os doutores do CFM tão burros quanto qualquer feicebuquiano abortista-liberacionista-gayzista-feminista-anticristão-antipastores-e-antimídia-ainda-que-repita-tudo-que-ela-diz, ou estão apenas fazendo um grande teatrinho?

Quantos diplomas de escravo o PT vai ter de distribuir no Brasil para que os médicos, empresários e demais membros da elite inculta do país se deem conta do estupro comunista e contribuam para interrompê-lo antes do 12º mandato?


http://www.felipemourabrasil.com.br/
via midia sem mascara

Nenhum comentário:

Postar um comentário