Carregando...

sábado, 7 de dezembro de 2013

TV russa denuncia programa infantil sueco como símbolo da decadência ocidental

Julio Severo
Como parte de sua ofensiva de criticar a decadência ocidental, a TV estatal da Rússia denunciou no último dia 1º de dezembro Biss och Kajs (“Xixi e Cocô,” em sueco), programa infantil de TV da Suécia.
Bunda, Xixi e Cocô de programa infantil da TV estatal sueca
Segundo Dmitriy Kiselev, âncora da Rossiya 1, as imagens, que mostram personagens em forma de cocô, xixi e até órgãos sexuais, exemplificam a decadência ocidental.
O programa infantil, veiculado pela TV estatal sueca SVT, supostamente quer apenas ensinar as diferentes funções do corpo às crianças.

As explicações fisiológicas são normalmente animadas com números musicais da “Orquestra Bunda” (bundas vestidas com chapéus, óculos e gravatas) e personagens em forma de órgãos sexuais.
Enquanto a TV estatal da Suécia promove a imoralidade para crianças numa embalagem cinicamente “infantil,” a TV estatal da Rússia combate o esgoto ocidental.
Kiselev disse o óbvio ao atacar o imoral programa da TV estatal sueca: na Suécia “tem havido um forte aumento no número de abortos por menores de idade, a prática sexual é precoce – começa aos nove anos de idade. Aí estão os valores europeus em toda a sua glória.”
Personanges em forma de órgãos sexuais de programa infantil da TV estatal sueca
Ao “noticiar” sobre esse episódio, a BBC de Londres atacou a TV estatal russa por “politizar” o assunto, e nada viu de sórdido e anormal no programa da TV estatal sueca dirigido ao público infantil. Seja lá qual for a motivação política da denúncia da TV russa, o fato é que o que o governo da Suécia está fazendo contra as crianças da Suécia por meio de sua televisão deveria ser denunciado por todas as mídias de todos os países.
Dmitriy Kiselev: âncora da TV estatal russa vê Europa como Eurosodoma
O âncora russo ficou famoso no Ocidente nos últimos meses por suas declarações contra o homossexualismo.
Ele também é um dos muitos apresentadores da Rossiya 1 que frequentemente chamam a Europa de “Eurosodoma” — em alusão às cidades de Sodoma e Gomorra, destruídas, segundo a Bíblia, devido à prática de imorais atos homossexuais.
Com informações da BBC.
Leitura recomendada:
O Garotinho que Virou Heroína

Nenhum comentário:

Postar um comentário