Carregando...

quarta-feira, 19 de março de 2014

Técnico de futebol diz sofrer preconceito por ser evangélico

Imagem: Divulgação

O treinador do América Mineiro, Silas, declarou em entrevista ao programa “Mesa Redonda”, da TV Gazeta, que sofre preconceito no meio do futebol por ser evangélico.
“Eu sofro muito preconceito no meio por ser evangélico. Falam coisas sobre mim que não são verdade. Quando eu estava para ir para o Grêmio, por exemplo, publicaram que eu fazia orações fervorosas no vestiário e não é assim”, disse ele.
Como treinador, Silas já trabalhou nas equipes do Grêmio, Flamengo, Avaí e Al Arabi (time do Qatar). Ele revelou ainda que os brasileiros ainda não estão preparados para aceitar a união entre futebol e religião.
“Quando se mistura religião e futebol aqui no Brasil é muito difícil. As pessoas aqui não estão preparadas para aceitar que estas duas coisas podem funcionar juntas”.
O treinador participa do projeto Atletas de Cristo e disse que o grupo o tem ajudado muito.
“O grupo ajuda os jogadores nas fases mais difíceis, principalmente no início da carreira, ajudando o jogador a criar uma base sólida para não se perder com todo o brilho da profissão, e, no fim da carreira, que também é complicado, por ser uma fase de transição”.
via Verdade Gospel.
Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário