Carregando...

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Comunista apresenta projeto de lei para beneficiar a mídia chapa-branca dos esquerdopatas do governo



Deputada Luciana Santos, do PCdoB/PE
Alguns gostam de repetir, com ar de superioridade, que a Guerra Fria acabou, tentando, com isso, pintar anticomunistas como ultrapassados, gente parada no tempo. Há só um detalhe: tem que avisar aos próprios comunistas que a Guerra Fria não só acabou, como foi com a derrota dos comunistas!
Porque a turma ainda não sabe disso. Basta ver a própria Venezuela. Mas não é só lá. Aqui tem o pessoal bolivariano doido para transformar o Brasil em Cuba logo de uma vez, o sonho (pesadelo) perdido na década de 1960.
Vejam o projeto de lei que a deputada Luciana Santos, do PCdoB (não entendo porque partido nazista é vetado, mas comunista não), encaminhou ao Congresso. Seu objetivo: Cria o Fundo de Desenvolvimento da Mídia Independente, e dá outras providências. Eis parte do teor do monstro:
FDMI
Como justificação para o projeto, consta o seguinte:
Os trabalhos realizados pela subcomissão para analisar formas de financiamento da mídia alternativa, criada no âmbito da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados, apontaram a necessidade da inovação legislativa no aspecto do fomento à mídia independente, o que se reflete na necessidade de instituir um Fundo destinado a garantir a viabilidade dos veículos de mídia independente dentro de um mercado de comunicação especialmente. 
Traduzindo: o governo tornaria o financiamento da imprensa chapa-branca mais transparente e oficial, com nossos impostos de forma direta. É que deve estar pesando no orçamento da Caixa, do Banco do Brasil e da Petrobras bancar tanta propaganda para fazer financiamento indireto dos soldados da causa, e acaba chamando a atenção a desproporção entre quanto vai para tais veículos e quanto representam da audiência da mídia.
O objetivo é claro: ter uma imprensa subserviente ao governo, bancada pelo estado, obediente. O eufemismo é o de sempre: democratizar a comunicação no país. A deputada disse: “Nossa intenção é promover o equilíbrio da balança da comunicação no Brasil e garantir que os veículos de comunicação independentes tenham condições para desenvolver bem o seu trabalho, que é fundamental para a democratização da comunicação no nosso país”.
Sei… é fundamental para a sovietização do Brasil, isso sim! É fundamental para ter militância fazendo proselitismo com nossos impostos, isso sim! É fundamental para transformar o Brasil em uma nova Cuba ou Venezuela, isso sim!
Alguém precisa avisar à esquerda radical que a Guerra Fria acabou e que eles perderam…
Rodrigo Constantino

Nenhum comentário:

Postar um comentário