Carregando...

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Militantes do PT impedem comício de Marina. Mas é só “debate de ideias” viu?

Outros

A indústria de mentiras do PT agora surgiu com mais uma tática: converter todos os seus ataques torpes em “debate político”. É por isso que o partido tem a cara de pau de mentir dizendo que Marina vai acabar com o pré-sal, e que a autonomia do Banco Central (prática de todo mundo civilizado) é feita para dar poder aos banqueiros e daí por diante.
Qualquer pessoa intelectualmente honesta sabe que estamos diante de interdições de debate por pessoas com problemas morais sérios. O que, na ótica trotskista/stalinista, é plenamente legítimo. Mas daí Dilma surge com o discurso de negação, mais falso que menstruação de travesti:
Acho que a campanha tem que ser do mais alto nível. Considero alto nível discutir proposta. Ninguém pode se dá por satisfeito por não discutir proposta. Não tenho atacado, eu divirjo. Isso é democracia. Uma eleição é onde se debate.
Então o truque é esse. Mentir feito um bando de psicopatas e a partir do momento em que alguém reclamar, é só dizer, com expressão angelical: “Jamais ataco, só divirjo de ideias”.
Que sabe ela também ache que a convocação de militantes para atrapalhar campanha de Marina em Brasília é apenas “debate”:
Em mais um esforço do PT para minar a campanha da candidata à Presidência pelo PSB, Marina Silva, o partido convocou de última hora militantes para abafar o ato que a presidenciável realiza na manhã deste domingo em Ceilândia, cidade a trinta quilômetros de Brasília. Acompanhada por Rodrigo Rollemberg (PSB), que concorre ao governo do Distrito Federal, Marina viu seus jingles e peças de publicidade eleitoral serem abafados pelo aparato montado pelo PT.
Ao site de VEJA uma militante petista confessou que foi convocada nesta manhã para “atrapalhar” o ato e que recebe 900 reais mensais para ficar à disposição do partido. Bandeiras do PT, carros de som e militantes uniformizados invadiram o evento do PSB. Nas últimas eleições presidenciais, em 2010, Marina conquistou 41% dos votos no Distrito Federal.
Mais uma vez está claro que qualquer atributo que um petista usar para si próprio (como sempre, elogioso) e para o oponente (como sempre, ofensivo) sempre será baseado em truque para obter vantagem. Basicamente é assim: “debate” é qualquer coisa que eles fizerem em benefício próprio durante uma campanha, e “mentira” é qualquer argumento lançado contra eles.
Este é um dos grandes problemas do PT: eles são definitivamente um partido antissocial, e por isso qualquer forma de diálogo com eles torna-se impossível. A linguagem para eles é uma arma.
Fonte: http://lucianoayan.com/2014/09/14/militantes-do-pt-impedem-comicio-de-marina-mas-e-so-debate-de-ideias-viu/

Nenhum comentário:

Postar um comentário