Carregando...

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

O fim da encenação do PSOL, a linha auxiliar do PT

POR 


uma-ova-capa
A cada vez que ocorre um debate, é normal que cada parte puxe a sardinha para o lado de sua brasa. Mais ou menos como em um jogo de futebol. Enfim, a interação entre Aécio Neves e Luciana Genro no debate da CNBB ontem, 16/09, virou assunto na BLOSTA. Eles, é claro, estão comemorando o fato dela ter lançado várias acusações sobre Aécio Neves (algumas não respondidas) e usado a expressão “linha auxiliar do PT é uma ova”. Mas é só histeria. No frigir dos ovos, mesmo que Aécio tenha saído com alguns arranhões, a coisa pode complicar muito mais (em termos de imagem) para Luciana Genro – isso que nem vamos falar do mensalão do PSOL. Veja aqui um comentário mais detalhado sobre o debate.
Antes, é preciso lembrar que o resultado de um debate depende de como usamos os eventos posteriormente. Neste momento, a BLOSTA publica textos como A espetacular enquadrada que Aécio Neves levou de Luciana Genro. Isso significa que eles estão certos ao afirmar isso? Sim e não. Logicamente, eles não estão certos. Mas politicamente sim. Eles aproveitam os blocos de textos que os favorecem e multiplicam para obtenção de resultados políticos. A falsa proclamação de vitória é apenas um componente do jogo. Porém, se os apoiadores de Aécio aproveitarem os eventos a seu favor, podem obter ótimos resultados.
O fato é que enquanto Luciana apenas causou escoriações em Aécio, a imagem não apenas de Luciana como do PSOL ficou seriamente danificada após o tucano tê-la rotulado como “linha auxiliar do PT”, o que desmascara grande parte do discurso dessa turma, que vive tentando parecer independente em relação ao PT. Depois de ontem, isso não será mais possível. Isso, é claro, se nós propagarmos alguns frames.
Vejamos alguns deles, junto com algumas constatações:
  • Existe uma técnica de propaganda que se chama “esconder a fonte”, ou seja, ajudar alguém com elogios aparentemente não ligados ao objeto propagandeado, para ajudar um “cliente”. O PSOL faz isso ao apoiar a agenda do PT, mas fingir algumas críticas para enganar a plateia.
  • Um exemplo do servilismo patético do PSOL ao PT está no fato deles terem tido a cara de pau (inclusive de colocar sua reputação na lixeira) de comparar atos de corrupção de governos anteriores com verdadeiras atrocidades como as corrupções do governo do PT, em especial o mensalão e, agora, o mensalão 2, da Petrobrás.
  • O PT tem bandidos condenados. Os outros partidos possuem políticos investigados. Os petistas foram parar na Papuda. Esperneie a linha auxiliar do PT (PSOL) o quanto quiser, que não mudará os fatos.
  • O truque de tentar comparar barbáries de sua turma com ações irrelevantes dos outros é uma tática comum dessa gente, tanto que é por isso que eles são aptos a defender genocídios que mataram 100 milhões de pessoas dizendo que “todo mundo faz isso”. O fato é que a extrema-esquerda sempre supera a concorrência quando decide violar os padrões aceitáveis de ética.
  • Quando Luciana genro disse que “PT aprendeu corrupção com o PSDB” se finge de maluca e ofende a inteligência do público. Corrupção na dimensão que foi praticada no governo do PT é coisa que se aprende com Stalin, não com os partidos tradicionais do Brasil.
  • Dessa forma, a linha auxiliar do PT pode se esforçar o quanto quiser que jamais conseguirá igualar os genocídios da Rússia, do Cambodja e da China aos mortos na guerra do Vietnã, assim como jamais conseguirá igualar o Mensalão I e o ainda pior Mensalão II com os atos de qualquer partido civilizado da história do Brasil.
  • O fato é que o PSOL, depois do desequilíbrio de Luciana Genro, jamais poderá se “apartar” do PT. Agora, ninguém mais acredita na “oposição de fingimento” ao PT.
  • Em tempo: nunca ninguém verá um político do partido [coloque seu nome aqui, se não for da extrema-esquerda do PT] apoiando seus corruptos, enquanto o PT aplaudiu os mensaleiros. Isso vai ficar marcado na história para sempre.
  • Isso é o que nós diferencia [se você não for da extrema-esquerda do PT] do PT e de suas linhas auxiliares, PSOL, PCdoB e PSTU.
As afirmações acima são coerentes com o jogo político e não passam do apontamento dos fatos.
Como o PSOL e seus candidatos sempre vão aparecer para dar chilique diante em quem botar o dedo na cara do PT (pois esse é o serviço das linhas auxiliares) é bom usar o checklist acima para colocá-los em seu devido lugar: servos do PT, emulando todas as falácias petralhas de forma ainda mais indigna.
Se a oposição for esperta, vai entender o esperneio de Luciana como um presente. Em síntese, ontem Aécio pode ter acabado com toda a encenação do PSOL. A partir de agora, eles serão sempre a linha auxiliar do PT.
Fonte: http://lucianoayan.com/2014/09/17/o-fim-da-encenacao-do-psol-a-linha-auxiliar-do-pt/

Nenhum comentário:

Postar um comentário