Carregando...

terça-feira, 9 de setembro de 2014

UMA 'REDE' DE PSICOPATAS EM AÇÃO QUE ENFEITIÇA OS ELEITORES E PODE DESTRUIR A DEMOCRACIA E A LIBERDADE NO BRASIL

O velho ditado que diz que “o pior cego é aquele que não ver” cai perfeitamente nas atuais circunstâncias desta eleição presidencial. No topo das pesquisas estão a Dilma e a Marina Silva, a mostrar a cegueira da maioria dos brasileiros que já é velho de guerra mas não aprende. Entrou de cabeça com Jânio Quadros e Collor e, depois com Lula e Dilma. Em todos os casos todos esses farsantes deixaram um rastro de destruição econômica e institucional.
Jânio foi o estopim da revolução de 1964; Collor meteu a mão no bolso dos brasileiros com aquele estúpido congelamento de depósitos bancários e poupança, fato determinante para o impeachment. Mas notem que não foi nada vinculado à corrupção e à vagabundagem tonitruante do psicopata de Alagoas. Sobreveio a morte de Tancredo e a ascensão de Sarney, que foi um descalabro completo com o congelamento dos preços. Ali também o velho coronel do Maranhão buscou no baú comunista a idéia fatídica que fez explodir a inflação. Sobreveio o mandato tampão do vice Itamar Franco.
LAMPEJO DE CONSCIÊNCIA
Foi preciso que esse povo mergulhasse profundamente na desgraça econômica a bordo de uma inflação galopante para que num ato de desespero acabasse elegendo Fernando Henrique Cardoso cujo mérito histórico foi colocar o Brasil nos trilhos da sanidade. Debelou a inflação, organizou as contas e entrou para a história como o único Presidente da República da história do Brasil que estabilizou a economia acabando com a maldição inflacionária e que agora é revivida pelo desastrado governo da Dilma.
Bastou esse interregno de tranquilidade, paz e segurança para que a maioria dos brasileiros retornasse à condição histórica de povo idiota e alçaram ao poder o trambiqueiro de Garanhuns, mentiroso contumaz, alcoólatra, irresponsável, fanfarrão, estafeta de Fidel Castro, áulico de tiranos assassinos e chefe do Mensalão. E mesmo com tudo isso, a maioria dos brasileiros ainda lhe conferiu mais um mandato. E como se isso não bastasse seguiram os conselhos demiurgo da caatinga nordestina que lhes ordenou que votassem na Dilma. O epílogo de tudo isso acontece agora a menos de 30 dias da eleição presidencial com o estouro do “Petrolão”, o mensalão número 2, a vergonhosa e nauseante roubalheira na Petrobras sob o comando de ninguém menos do que Lula, Dilma e seus sequazes.
'PETROLÃO', O NOVO MENSALÃO.
Notem que o Petrolão tem o mesmo objetivo do Mensalão. Pretende conseguir e/ou manter, por meio da corrupção e da roubalheira de dinheiro público, a tal base aliada que até agora tem sustentado o PT no poder. O objetivo dessa roubalheira tem duas finalidades. A primeira é, evidentemente, enriquecer com o produto do roubo. A segunda, é obter maioria parlamentar e apoio para alcançar o principal objetivo que é o poder eterno. A corrupção e a roubalheira tem essa finalidade precípua e corresponde ao plano transnacional do Foro de São Paulo, a organização comunista fundada pelo próprio Lula e Fidel Castro e que ganhou corpo no célebre congresso realizado em São Paulo em 1990. Na verdade, o Brasil hoje é um dos principais esteios econômicos de Cuba por meio do BNDES, haja vista para o moderno porto de Mariel erguido no quintal de Fidel Castro por meio de financiamento desse banco estatal que mantém em sigilo o volume de dinheiro que repassa para Cuba e para seus empresários de estimação.
Já afirmei que o prejuízo ao erário com o roubo sistemático de dinheiro público pode ser recuperado. Todavia a democracia e a liberdade não podem ser quantificadas em termos monetários e depois de golpeadas é muito difícil recuperá-las. Esta é a questão fundamental que as pessoas precisam entender.
Pois bem. Depois de tudo isso que acabei de apontar chegamos a mais uma eleição presidencial que desta feita poderá definir para as próximas décadas o destino institucional da Nação: democracia, paz e liberdade ou um regime tirânico consentido pelo idiotismo congênito que afeta a maioria dos brasileiros.
COMO SE FOSSE UM FEITIÇO
E o que se vê pelas pesquisas eleitorais é que os brasileiros, em sua maioria, estão novamente mergulhados na cegueira política, envolvidos num verdadeiro feitiço e na brutal desinformação produto de mais de uma década de lavagem cerebral permanente, principalmente por meio da televisão, levada a efeito pelos governos do PT. É de se indagar, por exemplo, quanto tem custado aos cofres públicos todas essa manipulação veiculada pela maioria dos veículos da grande mídia. Quanto de toda essa roubalheira, dessa pilhagem criminosa do erário tem sido consumida para comprar a fidelidade de veículos da grande mídia e de jornalistas venais?
Essa máquina de propaganda que emula o que ocorreu na Alemanha Nazista e na Itália fascista, surtiu tanto efeito que se chega na reta final desta eleição com duas candidaturas na frente: Dilma e Marina Silva. Ambas são comunistas e filhotes do PT e do Foro de São Paulo. Estão cumprindo parte do plano que prevê a transformação do Brasil numa republiqueta vagabunda como ocorreu com a Venezuela.
Os que repudiam a Dilma e o PT correm para o abraço da Marina Silva, a retirante dos seringais do Acre. É um Lula de saia que supre de forma calculada a retirada de cena de Lula. O PT não possui ninguém que rivalize com Marina Silva, por isso ela foi cevada politicamente para substituir Lula. E bem se vê que o plano está perfeito. Tanto é que Marina Silva caminhou para o Partido Verde e, não conseguindo cumprir lá a missão do Foro de São Paulo, decidiu criar sua própria Rede, embalada nesse besteirol da moda que é a sustentabilidade ecochata que caiu nas graças das massas desinformadas e submetidas à lavagem cerebral ambientalista em nível global.
Entretanto, dada a complexidade desse projeto político do movimento comunista internacional é praticamente impossível explicar às pessoas o que realmente está acontecendo. Falta-lhes informação! Mais uma vez o ditado:”O pior cego é aquele que não quer ver”.
'REDE' DE PSICOPATAS EM AÇÃO
E, por tudo isso, é que a maioria imbecil, burra, desinformada e idiotizada, se entrega de corpo e alma a uma suposta alternativa ao PT, que seria Marina Silva, embora, como demonstrem os fatos inelutáveis se trata de um embuste!
E por que é um embuste? Basta analisar o que diz Marina Silva. Dou um doce a quem me provar que ela está fazendo oposição ao PT, ao Lula e à Dilma. 
Para começo de conversa, Marina Silva é a favor do decreto 83.284, baixado pela Dilma que cria os tais conselhos populares - sovietes à moda leninista - que irão formular as políticas públicas. Bom, só de ONGs ambientalistas ligadas a Marina Silva tem milhares Brasil à fora, sem falar no MST e seus satélites, que consistem em bandos de psicopatas.
Tem uma passagem eloquente do livro “Ponerologia - Psicopatas no Poder”, quando seu autor, o cientista polonês Andrew Lobaczewski, diz o seguinte: “Em qualquer sociedade do mundo, indivíduos psicopatas e alguns dos outros tipos irregulares criam uma rede comum de conluios(grifo meu) ponerogenicamente ativa (ponerologia vem do grego: ponero = mal) e parcialmente alienada da comunidade das pessoas normais. [...] Eles tomam consciência de que são diferentes conforme vão obtendo suas experiências de vida e se tornando familiares como modos diferentes de lutar por seus objetivos. Seu mundo é para  sempre dividido entre “nós e eles”(grifo meu). [...] Seu senso de honra os permite trapacear e insultar aquele outro mundo humano e seus valores a cada oportunidade. Em contradição aos costumes das pessoas normais, eles sentem que quebrar as suas promessas é um comportamento apropriado”.
Como se vê, não pode ser mais objetiva e eloquente a análise formulada pelo autor de Ponerologia. Parece mesmo que ele estava adivinhando o que aconteceria no Brasil anos mais tarde.
Para concluir, espero apenas que este texto sirva como um farol a todos os leitores, capaz de dissipar a cegueira geral que pode nos conduzir logo adiante a uma “ditadura consentida”. Lembro que o Brasil está subjugado uma “rede de psicopatas”, à qual alude Lobacewzky citado no parágrafo anterior. Embora esse livro tenha sido escrito há muitos anos e só há pouco tempo chegou ao Brasil (está à venda aqui no blog na coluna ao lado), coincidentemente usa o termo “rede”, que é o nome do partido que Marina Silva...uma rede de psicopatas.
Fonte: blog do aluizio amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário