Carregando...

segunda-feira, 24 de março de 2014

MEGA MARCHA DA OPOSIÇÃO NA VENEZUELA CONTRA DITADURA COMUNISTA! POVO AVISA QUE NÃO IRÁ PARAR PROTESTOS. DESFECHO PODE SER O FIM TAMBÉM DA TIRANIA CUBANA E DO FORO DE SÃO PAULO COM REFLEXOS SOBRE O BRASIL.

blog do aluizio amorim

Os cidadãos venezuelanos deram neste sábado mais uma demonstração ao mundo de que não sairão das ruas até que o regime comunista seja derrubado. 
Uma marcha gigantesca pacífica, porém aguerrida, cobriu as avenidas de Chacao, tradicional e progressista reduto da oposição ao chavismo que integra a grande área metropolitana de Caracas.
 
O vídeo acima produzido pelo tradicional diário El Nacional oferece uma visão da magnitude dessa fantástica manifestação anti-comunista que coloriu este sábado ensolarado da capital venezuelana.
 
Pelo Twitter e demais redes sociais os venezuelanos trocam informações online 24 horas noticiando os protestos que ocorrem em todos os cantos do país e denunciando a truculência como que a polícia do regime, com assessoria dos bate-paus cubanos assassinos enviados por Fidel e Raúl Castro para tentar impedir a derrocada de Nicolás Maduro e seus sequazes. Além disso noticiam diariamente o inferno em que se transformaram as noites dos venezuelanos, já que suas casas e apartamentos são atacados com bombas e tiros de fuzil pelos “coletivos”, os bandos paramilitares que atuam em todo o país para amedrontar o povo por meio do terror.
 
Há pelos menos até agora mais de 30 mortos e cerca de 400 feridos, além de centenas de estudantes nas masmorras do regime onde são barbaramente torturados pelos algozes comunistas. Além disso, estão presos incomunicáveis o dirigente oposicionista do partido Vontade Popular, Leopoldo López e os prefeitos Daniel Ceballos e Scarano, além de outros presos políticos que correm sério risco de vida.
 
Apesar de sofrer essa tremenda repressão, os cidadãos venezuelanos já avisaram que não sairão das ruas até que o regime comunista seja alijado completamente do poder.
 
QUEDA DO CHAVISMO REPRESENTA
TAMBÉM O FIM DA DITADURA CUBANA

Detentora das maiores reservas de petróleo do planeta, a Venezuela é que mantém de pé da ditadura cubana. A Venezuela se transformou na cabeça da serpente comunista. A vitória da democracia contra o comunismo chavista significará também o fim da ditadura cubana que já dura mais de meio século, já que Cuba sobrevive por meio do petróleo que recebe semanalmente da Venezuela de graça desde os tempos do defundo caudilho Hugo Chávez. 
 
Por isso mesmo, a derrubada do comunismo na Venezuela, abrirá também as portas da liberdade para o povo cubano; significará um revés fulminante para o movimento comunista internacional coordenado na América Latina pelo Foro de São Paulo, a organização transnacional esquerdista fundada por Lula e Fidel Castro em 1990.
 
O Foro de São Paulo tem por objetivo transformar todos os países latino-americanos em ditaduras comunistas. Quem dirige o Foro de São Paulo é Lula, por meio de seus sequazes do PT. Portanto, a crise da Venezuela é uma espécie de epicentro de um movimento anti-comunista de amplitude continental.
A crise venezuelana não está desligada da crise política brasileira. É por isso que essa análise que formulo aqui e agora não aparece na maioria dos grandes veículos de comunicação do Brasil, principalmente as grandes redes de televisão. 
 
A grande mídia, como venho denunciando de forma recorrente aqui neste blog, está completamente dominada por jornalistas comunistas que cumprem missão do Foro de São Paulo e PT, dentro das redações. Desta forma, retiram o conteúdo ideológico das matérias políticas em nível nacional e internacional. Assim, a palavra ‘comunismo’ é retirada das notícias, como se o comunismo não existisse mais, embora Cuba, Coréia do Norte, Angola, Bolívia, El Salvador e Venezuela, por exemplo, sejam ditaduras comunistas. E a prova disso é que o levante popular na Venezuela fez o regime chavista mostrar a que veio! Matam civis desarmados com a maior naturalidade e total impunidade como ocorre em todos os regimes comunistas. 
 
VITÓRIA DA DEMOCRACIA NA VENZUELA
FULMINARÁ O FORO DE SÃO PAULO E PT

Os venezuelanos, mais do que ninguém, sabem que muitos cidadãos inocentes ainda tombarão nas ruas, alvos dos tiros disparados por atiradores profissionais a soldo do regime. Sabem que muitos ainda tombarão durante as torturas a que são submetidos nos calabouços do regime comunista do ditador sanguinário Nicolás Maduro.
 
Entretanto, os venezuelanos também sabem que esta é uma luta que vale a pena, porque a liberdade é um bem inegociável! 
 
Portanto, a derrubada da tirania comunista na Venezuela será o começo o fim do movimento comunista internacional e, por conseguinte, o desmantelamento do Foro de São Paulo. Este é um detalhe importante. Interessa de perto aos brasileiros o que ocorre na Venezuela.
 
A repercussão disso se espraiará por toda a América Latina, incluindo, evidentemente, o Brasil!, e até mesmo o gigante norte-americano hoje também sob o assédio dos comunistas desde que Obama e seus sequazes chegaram ao poder.
 
Cada estudante, cada cidadão e cidadã venezuelanos que tombam pelos tiros disparados pelos comunistas de Lula, Maduro, Fidel, Raúl, Ortega, Kirchner, Mujica, Morales, Funes et caterva, constituem os mártires dessa funesta luta, mas que infelizmente haveria de acontecer mais cedo ou mais tarde, para quem sabe, mais adiante, conduzir o povo latino-americano para a liberdade que só a democracia verdadeira pode garantir.
 
A democracia e a liberdade nunca serão e nunca foram dádivas! São frutos de uma luta tenaz e permanente!

VEJAM AS FOTOS ÁREAS DA
MEGA MARCHA NA VENEZUELA
Estas fotos são do site venezuelano La Patilla   

Nenhum comentário:

Postar um comentário